Não Volte.

Posted by Tk On segunda-feira, 19 de setembro de 2011 2 comentários



Desculpe-me, mas só por hoje não vou sentir. É difícil explicar como, pois é como se tivesse morrido naquele dia. Tentando... E começa tudo outra vez, achei que tinha aprendido. E preso no meu quarto escuro, agourando os sussurros dos que foram-se, procuro a chave do que me faz preso. Sufocam-se os gritos de desespero que soam como um "adeus", era só o medo da tua regressão. Não, não sou mas quem era, ter que desistir de toda uma vida me fez um outro.

Respirar nunca foi tão difícil. Hoje, as memórias daquela noite encarregaram-se do não-sentir, acho que me enganei. Parece até que nunca escutei "não", o grande problema é que ouvi, eles me aconcelharam demais, me fazendo trilhar longe do caminho onde talvez pudesse finalmente encontrar o "sim". E vou novamente, procurar o que eu nunca poderei encontrar. Só precisaria de um tempo para organizar tudo para a volta do sentimento bagunceiro, o que ele iria bagunçar se ainda nem recuperei-me do último de seus feitos?

É medo, só isso. Medo de sentir a pior dor da minha vida novamente, a de te perder por causa do medo...


Matheus Souza

2 comentários:

Taciliany' Kedelh disse...

Muito bom (:
Seus textos sempre profundos e verdadeiros...

Moniky. disse...

"Sinceramente, não sei o que é melhor: deixar passar e ficar repetindo 'como poderia ter sido' ou tentar e dar de cara com um 'por que não fui capaz de te fazer ficar'. "
___________________________________________________________________
Preciso dizer outra vez que tá ótimo? Pois ér, arrazô dinew' (: rs' Abraçoo'

Postar um comentário