Na Outra Esquina, Um Pedaço.

Posted by Tk On terça-feira, 17 de janeiro de 2012 1 comentários



É quase impossível não falar de si, quando todo o espaço do mundo, todo vazio ainda preenche os olhos. Nenhum caminho, objetivos ou sequer sonhos para ser sincero com seu distinto destino, apenas há o passo depois de um outro no mesmo lugar, custa mas sabe, não chegará lá. Falta alguma coisa, acho. Não sabe se é aqui ou se ficou para trás... O que se sabe é que faz falta ser acolhido pelo calor, pela noite relembra ainda da dor.

Encontre a árvore e o mastro e encontre o caminho, lá é livre, lá não morre... Escreve e sonha todo dia, sobre um lugar, qualquer lugar, apenas para ter aonde ir, embora jamais rotoma a volta depois. Até lá, sem sapatos, sem sol, sem a esperança guardada entre os dedos, sem a última carta no bolço de trás, apenas quando olhar para frente veja o espelhado do adiante... Porém, não volte até alcançar as estrelas. O que queria não era alcançá-las, queria era ter certeza que ainda era capaz de voar como antes.

Matheus Souza

1 comentários:

Renata Cibelle disse...

Oi!Passando aqui para dizer que tudo aqui me encantou.As imagens,o nome lindo do blog,as tuas palavras...tudo se harmoniza perfeitamente.
PARABÉNS!

Postar um comentário